Despedida, emoção e choro no sepultamento de dona Nita

Fotos: José Dilson Pinheiro - euclidesdacunha.com

Centenas de amigos, parentes e familiares que residem em Euclides da Cunha, outros que vieram de Tucano, sua terra natal, choro, emoção, tristeza, marcaram o adeus final de Maria Cavalcante da Silva, mais conhecida como Nita, que faleceu aos 96 anos de idade, vítima de AVC, porém, muito lúcida e ativa.

 
O corpo foi velado em sua residência, à Rua Castro Alves, com encomendação feita pelo monsenhor Jayme Oliveira Santos, vigário aposentado da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, e cunhado de dona Nita, acompanhado por amigas que pertencem à Congregação Coração de Jesus. O cortejo seguiu pelas ruas centrais da cidade, com uma rápida parada em frente à Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, casa de oração que tanto gostava e frequentava, e então seguiu para o Cemitério Municipal de São José, onde foi sepultado no mausoléu da família, ao lado do esposo José Andrade Filho, falecido em 1982, e os filhos Eurico e Eugênio. Antes de ser sepultada, dona Anita foi homenageada pelo monsenhor Jayme Oliveira Santos, que chegou a embargar a voz, ao reverenciar a cunhada, além de a prof.ª Fátima Rebelo, nora, que também enalteceu as qualidades pessoais de dona Nita que, sob aplausos, cantos e flores foi sepultada, deixando saudades em seus familiares e muitos amigos e amigas conquistados ao longo de seu quase um século de existência.













 

 

Publicado em: http://www.euclidesdacunha.comnews/print/id/2927