Luan Santana: Somos alunos numa escola onde a vida é a professora

Imagem: Reprodução
Olá, meus queridos (as) leitores, vamos hoje de acolhimento, a técnica que o psicólogo mais usa na psicoterapia.
 
Refletindo sobre minha semana, eu pensei sobre o quanto a nossa vida muda. São tantos altos e baixos ao longo de 7 dias que é difícil a gente não se diagnosticar como bipolares, não é? (risos).
 
Fui de confiante e grato a confuso e precipitado, de sem fé ao puro entusiasmo, da esperança a descrença novamente. Tudo isso em 7 dias. E sabe o que eu entendo dessas variações? O quanto as emoções servem de tempero na nossa jornada, são elas que tornam os altos da vida um privilégio, e são justamente elas que denunciam o quanto e o quê nos baixos temos de melhorar.
 
Eu tenho escutado minhas emoções com cada vez mais clareza e isso tem me ensinado a sempre ser gentil com as pessoas e parar de julgá-las, porque assim como eu, eu sei que todos têm sua própria guerra particular.
 
E digo mais, se a vida tiver um jeito de te fazer aprender a ser uma pessoa melhor, acredite, ela vai te ensinar. É por isso que somos eternos aprendizes, pessoas em construção, qualquer percepção para além disso é pura soberba humana que com certeza vai te impedir de reconhecer a sua necessidade de aprender com sua própria guerra.
 
Às vezes, pessoal, falta palavra ao poeta, equilíbrio ao psicólogo, verdade ao honesto, coração ao sentimental. Às vezes, falta-nos tanta coisa que experimentamos aquele denso vazio. Falo de mim, mas como quem se põe no seu lugar. 
 
E creio que é exatamente assim que a vida deve ser, com seus altos e baixos, caso contrário seria uma tremenda chatice, pois não saberíamos valorizar o que realmente importa e que na falta nos faz desejar ter de volta.
 
É por isso que não devemos ter expectativa de uma vida fácil, não, não, isso não existe, antes temos de nos fortalecer para que possamos suportá-la mais sabiamente.
 
Só se aprende a viver vivendo. Portanto, faça valer!
 
Até semana que vem pessoal ;)

*Psicólogo Luan Santana. CRP: 03/11290 - Cel.: (75) 9 9895-4918

 

Publicado em: http://www.euclidesdacunha.comnews/print/id/2489