Coordenadoria do DPT de Euclides da Cunha agora tem rabecão

Desde o último dia 19 de dezembro, o Departamento de Polícia Técnico (DPT) de Euclides da Cunha tem um novo veículo para auxiliar as atividades de perícia técnica o Instituto Médico Legal (IML), trata-se de um rabecão que servirá para transportar os mortos dos municípios de Euclides da Cunha e região circunvizinha.

Outras coordenadorias de Polícia Técnica do estado da Bahia também receberam veículos do mesmo modelo, ao tempo em que o governo estatual está reorganizando todas as coordenadorias, no sentido de determinar para quais localidades os serviços relativos ao IML devem ser encaminhados, como o caso da cidade de Monte Santo que antes fazia parte da coordenadoria da cidade de Queimadas e recentemente foi agregada à coordenadoria de nossa cidade. Ao todo, 17 cidades da região fazem parte da coordenadoria de Polícia Técnica de Euclides da Cunha.

A coordenadoria de Euclides da Cunha já possui há alguns anos um veículo de marca Volkswagen Voyage para auxiliar os trabalhos dos servidores do departamento local. Mas esse veículo serve apenas para deslocamento de pessoas em condições de vida normal, não podendo neste fazer qualquer tipo de transporte de cadáver, essencialmente por não ser adaptado para essa finalidade.

O rabecão que está à disposição do DPT de Euclides da Cunha é uma caminhonete de marca Chevrolet S10, a mais moderna da marca, adaptada para atender às necessidades de usabilidade. No entanto, tem capacidade para permitir o translado de três corpos de forma simultânea dentro da carroceria e conta ainda com sistema de refrigeração para conservação dos corpos e sistema de limpeza com uso de água.

Com o novo veículo, os serviços de translado feitos por funerárias de forma particular irão reduzir bastante, pois eram também a únicas opções em nossa região. De fato uma viatura só desse modelo não vai resolver todo o problema da região, mas vai auxiliar bastante o trabalho envolvendo perícia técnica, tanto é que desde que o rabecão chegou, dificilmente ficou parada no pátio da DT de Euclides da Cunha, esteve sempre em serviços de translado, principalmente para a cidade de Feira de Santana.
 

Publicado em: http://www.euclidesdacunha.comnews/print/id/194